Gestão de Marca

A Gestão de Marca é um tema que, apesar de importante, ainda não tem o devido destaque entre os empreendedores. Como já foi dito aqui algumas vezes, o consumidor atual, seja ele jovem ou adulto, está em constante busca de informações para fazer suas compras. Entretanto, o ditado “insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes” pode ser uma alusão às marcas atuais. Muitas, sejam novas ou já experientes no mercado, fazem exatamente o contrário da renovação e buscam cada vez mais ficarem parecidas com suas concorrentes.

Logo, os resultados não saem como esperado e há uma busca por respostas sobre o que realmente precisa ser feito, mas a resposta está na base: que é a Gestão de Marca. Empresas que compreendem o valor do Branding, tem maiores chances de sucesso.

 

Afinal o que é Gestão de Marca?

A Marca é a representação gráfica de uma empresa, mas também é vista como um organismo vivo, onde cada ação impacta diretamente na relação entre esta e o consumidor.

Gerir uma marca é o processo de cuidar não somente da sua reputação, mas a forma como esta dialoga com o público e como é percebida por ele. Uma marca com uma boa criação e gestão é reconhecida de forma positiva pelo público, bem como facilita e acelera vendas, aumenta a percepção de valor, protege a instituição de possíveis crises e agrega valor

 

O que a gestão implica nos negócios?

O Branding visa propagar e gerenciar o que a marca é e seus valores, criando vínculos tanto com os consumidores como também com os próprios funcionários, aumentando e desenvolvendo sua reputação. É através do Branding que se cria os valores tangíveis e intangíveis para as marcas, como confiança, qualidade, e demais outros que vemos por aí. Logo, consegue-se construir a fidelidade dos consumidores.

Desta forma, marcas que não priorizam o Branding, ou seja, não buscam construir sua imagem na mente do consumidor, não são vistas ou lembradas da maneira favorável e efetiva, não constroem vínculos e não crescem o seu patrimônio, sobretudo o intangível.

 

Valorizar o diferencial não é o único ponto

 

Ter um bom produto ajuda, mas não é o suficiente no mercado atual. O consumidor busca interação com a empresa e valor (ainda que intangível) naquele produto. Vale ressaltar também que, atualmente, as diferenças entre os produtos e empresas são pequenas. Logo, para se distanciar da concorrência, o ideal é não somente valorizar o diferencial, mas se aproximar do público mostrando a real importância. O trabalho de Branding deve compreender e ressaltar a verdadeira essência da marca, sendo a base para ações de marketing, publicidade e propaganda.

A empresa que consegue diferenciar sua marca na mente do consumidor, cria o que para o marketing é fundamental: valor. Caso contrário, a marca se torna irrelevante para o mercado. A marca também deve ter outros atributos, como:

 

# ser distinta

Há sempre alguma característica ou valor que apenas uma marca pode oferecer, seja ela de maneira visual, perceptiva ou física. É este atributo que deve ser evidenciado.

 

# ser autêntica

Para isto, a marca precisa ser verdadeira, ou seja, entregar exatamente o que promete. Ressaltar um aspecto positivo significa que este mesmo também deve ser verdadeiro e entregue ao consumidor. Embora tenha que ser um conjunto, há diferença entre o que a empresa é, a sua proposta de valor, o que ela quer ser e o que ela entrega para o consumidor.

 

# ser relevante para o segmento e público-alvo

Significa entregar para o mercado consumidor produto, serviço ou valor realmente considerável, significativo, relevante, o que chamamos de “fatores-chave de sucesso”. Com os fatores em mãos, é necessário após desenvolver uma experiência proveitosa para o cliente em  relação a estes.


# ter posicionamento

Tendo as características e os aspectos anteriores, é possível criar o posicionamento, que significa como a empresa deseja que o mercado e seus consumidores a percebam.

 

Confie sua marca a profissionais

Por que o Branding é tão importante não apenas para os novos negócios mas também para os que já estão no mercado? É necessário entender que todo e qualquer esforço estratégico de marketing, sobretudo nas bases, são essenciais para a sobrevivência de uma empresa no mercado.

Por isso, é importante frisar que uma boa marca vai além de um visual bonito, pois compreende também esforços de comunicação, continuidade das ações e planejamento. Logo, é fundamental que a marca seja “entregue” a profissionais capacitados, que usarão técnicas específicas para criar ou recriar uma marca consistente e que transmita a alma do negócio.

 

Gestão de Marca - Faça Uma Consultoria com a C4SA

 


voltar


DIZ PRA GENTE O QUE ACHOU

Deixe uma resposta